Cirurgias

R

Cirurgia Robótica

Menos invasiva, a cirurgia robótica é um dos grandes avanços da medicina nas últimas décadas. A técnica começou a ser utilizada no Brasil em 2008 e, atualmente, é amplamente aplicada com sucesso em diversas especialidades para o tratamento de doenças e tumores. Desde 2015, Dr. Lucas Batista tem levado os pacientes para serem operados por cirurgia robótica em São Paulo quinzenalmente, mas a plataforma robótica chegou em Salvador em 2019. A disponibilidade da plataforma robótica facilitou os pacientes serem operados pelo robo, sem precisar sair de Salvador. Dr Lucas também foi escolhido para ser proctor, um cirugião experiente e capacitado para treinar outros colegas.

O médico cirurgião fica dentro da sala cirúrgica e comanda o robô, que reproduz os movimentos das mãos do cirurgião. A tecnologia propicia movimentos precisos com o controle de 4 braços robóticos, as pinças conseguem realizar 7 movimentos a mais que a mão humano e rotação de até 360C.

A visão em 3D, tem um aumento de até 10 vezes, é capturada por uma câmera que fica dentro do paciente e permite ao médico uma visão da área da cirurgia com maior definição e profundidade com incisões mínimas.

A cirurgia robótica apresenta algumas vantagens por conta de seus diferenciais em relação às cirurgias convencionais. A técnica proporciona diversos benefícios no pós-operatório como menor sangramento, menos dor e inchaço, já que os cortes são muito mais precisos. Garante também recuperação mais rápida com menor tempo de internação.

A cirurgia robótica de próstata é a forma mais moderna para tratamento do câncer de próstata. Pode ser entendida como evolução da cirurgia laparoscópica. Para o tratamento do tumor de próstata, por exemplo, a técnica aumenta a chance do retorno mais precoce da continência urinária e ereção em relação à cirurgia tradicional.

R

Cirurgia Laparoscópica

A laparoscopia permite ao médico acessar diversos os órgãos do corpo humano utilizando um sistema de vídeo, câmera e pinças especiais que permitem a realização do procedimento por meio de orifícios mínimos, medindo cerca de 1-2 cm, sem grandes incisões.

O método tem cada vez mais melhorado os resultados de tratamentos oncológicos e apresenta benefícios de menor trauma cirúrgico, menor sangramento, menos dor pós-operatória, diminuição da quantidade de analgésicos após a cirurgia, recuperação pós-operatória mais rápida com retorno precoce às atividades habituais ao trabalho.

R

Microcirurgia

A microcirurgia é o procedimento que utiliza o auxílio do microscópio e lupas cirúrgicas para ampliação da imagem da área a ser operada. Estes equipamentos possibilitem que estruturas milimétricas do corpo consigam ser visualizadas com precisão pelo médico.

Esta técnica permite a reconstrução com fios microscópicos e a preservação das estruturas de partes mínimas do corpo humano. Na urologia, esta cirurgia é utilizada no caso da correção cirúrgica de varicocele e da reversão de vasectomia, que trata de estruturas extremamente delicadas e minúsculas.