Câncer de Próstata

O tumor de próstata é o mais comum entre os homens, atrás somente do câncer de pele não-melanoma, e representa cerca de 10% de todos os cânceres diagnosticados no mundo.

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda o rastreamento do câncer de próstata a partir dos 50 anos, Se houver histórico de casos de câncer de próstata em parente de primeiro grau, o início do rastreamento deve ser aos 45 anos.

O PSA é o marcador mais utilizado no auxílio ao diagnóstico de câncer de próstata. Isoladamente, o PSA elevado não significa necessariamente que o homem tem câncer de próstata, por isso é fundamental o exame de toque retal. A finalidade desse exame é detectar qualquer alteração na próstata (endurecimento ou nódulos) que possa estar relacionada com a presença do câncer.

Entretanto, a confirmação do diagnóstico do câncer de próstata é feita exclusivamente através da biópsia da próstata. A partir da comprovação do tumor maligno, o urologista vai decidir qual o melhor tratamento para o tipo de tumor e estágio da doença

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Em estágios mais avançados pode apresentar sintomas como sangue na urina, dor abdominal e região lombar, dificuldade para urinar, perda de peso e/ou de apetite, que podem ser sugestivos para tipos de câncer do aparelho urinário.

Deseja marcar uma consulta?

Locais de atendimento

Conheça todas as nossas atuações:

;

Andrologia

;

Cálculo Renal

;

Disfunção Erétil

;

Endoscopia Urológica

;

Uro-oncologia

;

Uroginecologia

;

Urologia Geral